Biografias
GOMES, Manuel Teixeira (1860-1941)
Comerciante e embaixador

Nasceu em 27 de Maio de 1860 e faleceu em 18 de Outubro de 1941. Mandado para Coimbra, em 1875, para cursar Medicina de acordo com a vontade paterna, acabará por desistir do curso e dedicar-se à literatura e a um estilo de vida boémio que abandonará só aos trinta anos. Dedica-se, então aos negócios, dando continuidade ao comércio de figos e frutos secos já praticado pela família, com sucesso e obtendo com ele grandes proveitos financeiros.

Republicano, depois da implantação da República em 5 de Outubro de 1910 aceita ser embaixador em Londres onde chega a 7 de Abril de 1911 e onde está até à tomada do poder por Sidónio Pais em Dezembro de 1917. Nesse período desempenha um importante papel para a existência de boas relações entre o Reino Unido e Portugal e sobretudo decisivo para o reconhecimento internacional do novo regime.
Em Fevereiro de 1919 volta a ocupar um posto diplomático, desta vez em Madrid, seguindo, logo em Abril, novamente para Londres. Em 1919 integra a representação portuguesa à Conferência de Paz e em 1922 chefia a delegação à Sociedade das Nações.
No ano seguinte é eleito para a Presidência da República tomando posse em 6 de Outubro de 1923, mas acabará por resignar em Dezembro de 1925 desgostoso e desgastado com a contínua instabilidade política e por sucessivos pronunciamentos militares, ainda, que gorados. Partiu para um exílio voluntário do qual nunca regressou acabando por morrer na Argélia.